Lutier
Diplomado no Instituto Internacional de Luteria A. Stradivari de Cremona em 1992, onde estudou com os Mestres Giorgio Cè (luteria) e Piero Ferraroni (escultura) e Bacharel em Música com habilitação em violino pela Universidade Federal da Paraíba, Saulo Dantas-Barreto vem desenvolvendo, desde então, um trabalho de qualidade reconhecido internacionalmente.

Na Europa (Itália e Espanha), onde viveu por doze anos, encontram-se alguns instrumentos de sua autoria, tais como: o “Quarteto da Rainha”, construído para a Casa Real Espanhola, que integra a coleção de instrumentos musicais do Palácio Real de Madri; a reprodução da “Arpa Stradivariana” (1681), para o Estado Italiano, em exposição permanente no Instituto de Luteria de Cremona; o “Quarteto Rio Branco” para a “Triennale di Cremona” (out/2000); o “Violino Cavalcabò”, para os Marqueses de Cremona.

Seu trabalho conta com o apoio do Governo do Brasil (CNPq), Instituto Ítalo-Latino Americano (Roma - Itália), Fundação Walter Stauffer (Cremona - Itália) e da Família Imperial do Brasil.

Lutiê oficial do 41º Festival de Inverno de Campos do Jordão e responsável pela manutenção do instrumental de cordas da Santa Marcelina Cultura.

Em julho de 2010 foi lançado pela Editora Alaúde o livro "Aleijadinho O Violoncelo"
(texto de Marcia Glogowski - www.alaude.com.br) que mostra toda a construção desse instrumento temático.

Atualmente trabalha em São Paulo (Brasil), dedicando-se à construção e à restauração de instrumentos.
Dantas-Barreto 2010 - Todos os direitos reservados